28 de jan de 2013

Taiobeiras e o transtorno no trânsito



O aumento do trânsito no município de Taiobeiras – MG teve nos últimos 10 anos um crescimento maior do que o aumento populacional, o que com isso trouxe alguns transtornos pela falta de fiscalização e projetos voltados ao trânsito.

Foto: Avenida da Liberdade - Taiobeiras - MG

Em 2002 a população taiobeirense correspondia a 28205 habitantes segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, pelas estimativas do próprio município. Com essas mesmas informações Taiobeiras em 2012 teve um aumento de 11,5% de sua população no período de 10 anos, chegando ao total de 31457 habitantes, crescimento significativo pelo próprio crescimento populacional do país.
Já o aumento dos veículos segundo o Departamento Nacional de Trânsito – DENATRAN teve um aumento muito significativo no período de 2002 a 2012. Em 2002 eram ao todo em Taiobeiras 5031 veículos, sendo carros, motos, caminhões, ônibus, tratores, entre outros. Já em 2012 o aumento das frotas subiu 197,5% nos últimos 10 anos. Comparando com o aumento populacional é grande o aumento das frotas no município.
Um dos fatos desse aumento pode ser colocado às condições dadas pelo governo federal para o consumo de veículos, além dos avanços econômicos aumentando o sonho do consumo do carro próprio, que boa parte dos brasileiros tem.

Gráfico 01
Fonte: IBGE e DENATRAN
O Gráfico acima apresenta de forma expressiva o aumento nos últimos 10 anos, onde o número de veículos teve um aumento maior que o da população. Em 2002 17,8% da população possuía veículos, em 2012 passou para 47,8%. Esse aumento de 30% criou no município um investimento maior, com mais postos de abastecimentos, oficinas, lojas e lava jatos. Mas não só trouxe pontos positivos como negativos também.
Foto: Rua Santos Dumont - Taiobeiras - MG
Taiobeiras é uma cidade plana de ruas e avenidas largas, propicia para a prática de caminhadas e ciclismos, e boa parte da cidade é sinalizada e calçada. Em relação à sinalização nos últimos anos teve certo investimento da administração pública, com fixação de placas e pintura de sinalizações como faixas de pedestre, além de colocação de lombadas por toda parte, principalmente próximo a instituições de ensino, saúde e outros setores públicos.
Mas a questão é, basta apenas sinalizar toda a cidade? Como fica a fiscalização do respeito a sinalização? Quais projetos vêm sendo pensado em relação o aumento das frotas? E as leis de acessibilidade?
O gráfico abaixo apresenta o aumento de 2009 a 2012,  período que a Caixa Federal se instalou de vez no município e o aumento de créditos com melhores condições no consumo de veículos cresceu no país.

Gráfico 2
Fonte: IBGE e DENATRAN
            O crescimento é constante em 2009 35,7% da população possuía veículos, em 2010 foi para 39,3%, em 2011 foi para 43,3%, até 2012 de 47,8%, sendo um aumento de média de 4% ao ano. Nesse sentido se cria uma expectativa de no próximo censo aproximadamente entre 70% a 80% da população possua algum tipo de veículo.
Foto: Manifesto feito pela morte da Menina Janaína em 2012
            O que precisaria de melhorias não só de sinalização e pavimentação, além do atendimento aos consumidores, mas também a conscientização a população, com projetos voltados a educação do trânsito e educação do consumo. Pois nos últimos 04 anos, as imprudências junto ao trânsito cresceu significadamente em Taiobeiras, como atropelamentos de pessoas e animais, colisões de veículos com veículos, ou com casas, postes, entre outros, se tornando um problema não só na área urbana, mas também na zona rural, com mortes e deixando sequelas graves aos acidentados.

OBS: As informações aqui presentes é uma análise simples usando informações mais amplas do IBGE e do DENATRAN, uma pesquisa mais complexa deveria ser feito para melhores direcionamentos de projetos diante a situação presente do trânsito no município.


Fontes: 

Destaque