14 de jun de 2018

História em Futebol de Botão: O desencantar do grande craque, Argentina x Polônia na Copa do Mundo de 1978.

Quando um camisa 10 argentino esta em campo, se espera muito dele. Em 1978, na Copa do Mundo na Argentina, Kempes era a grande promessa argentina, mas seu desencantamento na competição aconteceu no dia 14 de junho, contra a Seleção Polonesa do artilheiro do mundial de 1974, Lato. El Matador fez seus primeiros gols, no qual acabou se tornando o artilheiro da competição. Outro momento marcante da partida foi à defesa do lateral Tarantini, que impediu o gol de Lato, mas acabou fazendo pênalti, ao tocar a mão na bola. Cobrança desperdiçada por Deyna, que parou na defesa de El Pato (lance que 32 anos depois repetiu na Copa da África do Sul, nas quartas de final entre Uruguai e Gana).

Primeiro gol de Kempes, Argentina x Polônia - Copa do Mundo 1978
12 de junho de 1978, ás 19h:15min, diretamente do Estádio Gigante de Arroyito, Rosário, Argentina, para o duele entre a anfitriã da casa, e segunda colocada no grupo 1 da primeira fase, a Argentina, contra a Seleção Polonesa, que se classificou em primeiro no grupo 2, a frente inclusive da atual campeã, a Alemanha. A La Albiceleste busca se recuperar da derrota para Itália na primeira, fase, o que fez os anfitriões terminasse em segundos no grupo, e caírem no mesmo grupo do Brasil. Para isto a equipe conta com seu grande craque Mario Kempes, que esta devendo ainda o esperado, conta com o retorno de Hauseman, e terá o artilheiro Luque fora do jogo de novo. Já os poloneses contam com seu grande craque Lato, e o atacante Boniek, autor de dois gols na copa até aqui.
Começa o jogo! A Argentina com apoio da torcida em Rosário mostra mais força ofensiva. A bola com Bertoni na esquerda, olha o cruzamento... Caiu na área... Kempes... Goool! É da Argentina, Mario Kempes, aos 16 minutos do primeiro tempo. Em lindo cruzamento de Bertoni na área, Houseman foi derrubado na área, mas a bola chegou a Kempes, que mandou de cabeça no fundo do gol. Argentina agora vence por 1 a 0.
Defesa de pênalti de Fillol, Argentina x Polônia 

- Copa do Mundo 1978 
A Polônia tenta reagir, falta para mandar dentro da área. Mandou na área... Bate rebate, vai sobrar... Olha o gol... Pênalti! Penalidade máxima para a Polônia. Em uma grande confusão na área Lato cabeceou, e quando a bola ia entrar, o lateral Tarantini apareceu como goleiro, e espalmou. Mão dentro da área é pênalti. Deyna na cobrança, partiu chutou... Defendeu! El Pato, Filoll. O polonês bateu fraco no canto esquerdo, Filoll pegou, aos 39 minutos da etapa inicial. E assim acaba o primeiro tempo, Argentina 1, Polônia 0.
Começa a etapa final! Os poloneses pressionam, os argentinos seguram atrás, e buscam o contra-ataque. Uma partida cá e lá. E olha a Polônia, Boniek... Driblou um, driblou outro... Lato... Para fora. Uma jogada rápida da Polônia, o atacante Boniek limpou os zagueiros e o goleiro, mas na hora de marcar desequilibrou, a bola ainda sobrou para Lato, que chutou para fora.
A Argentina tenta reagir a pressão, mas a bola sai pela linha de fundo. Cobrou o tiro de meta Tomoaszewski. A bola sobrou para Ardiles, saiu jogando o meia argentino. Passou por um, por dois... tocou de lado, Kempes! Entrou na área... Goool! É da Argentina, que resposta a pressão polonesa. Agora, La Albiceleste 2, Bialo-czerewoni 0. Aos 26 minutos da etapa final, Kempes. Em bela tomada de bola do meia Ardiles, a arrancada no meio, com toque para o camisa 10, que entrou na área e mandou debaixo do goleiro polonês, para marcar o segundo dele, e o segundo da Argentina no jogo.
Acabou! Uma partida de muita movimentação os donos da casa não fizeram feio. Kempes em duas vezes fez para a Argentina, Filoll garantiu na defesa, defendendo até pênalti, impedindo os poloneses de marcar. E a competição continua, dia 18 teremos mais. Argentina e Brasil ás 19h:15min, aqui no Blog Pé de Taioba, uma final antecipada para muitos.

Segue abaixo os modelos para botão do jogo:
ARGENTINA: 5.Fillol; 15.Olguín, 7.Luis Galvan, 19.Passarella e 20.Tarantini; 6.Gallego, 2.Ardiles, 10.Kempes e 21.Valencia; 4.Bertoni e 9.Houseman. Técnico: César Luis Minotti.
POLÔNIA: 1.Tomaszewski; 3.Maculewicz, 9.Zmuda e 4.Szymanowski; 5.Nawalka, 8.Kasperczak, 11.Masztaler e 12.Deyna; 16.Lato e 17.Szarmach e 18.Boniek. Técnico: Jacek Gmoch.

REFERÊNCIA:
GLOBO ESPORTE. Copa do Mundo 1978 – Argentina. Disponível em: http://globoesporte.globo.com/futebol/copa-do-mundo/historia/copa-do-mundo-1978-argentina.html. Acessado em: 30/05/2018

ESPORTE TERRA. História das Copas – Argentina 1978. Disponível em: http://esportes.terra.com.br/futebol/copa2006/interna/0,,OI685422-EI5504,00.html. Acessado em: 30/05/2018.

OGOL. Copa do Mundo 1978 – Argentina x Polônia. Disponível em: http://www.ogol.com.br/match.php?id=3956. Acessado em: 14/06/2018

Destaque