2 de jun de 2018

História em Futebol de Botão: A estreia da anfitriã na Copa do Mundo de 1978, Argentina junto sua fanática torcida, x Hungria.

La Albiceleste está em casa. Depois de Uruguai (1930), Brasil (1950), Chile (1962), os argentinos fazem sua estreia em Copa do Mundo em seu país. Um grande momento para um país que respira futebol, mas marcado por um período sombrio, pela Ditadura Militar na Argentina e o governo de Jorge Rafael Videla estabelecido com um golpe de Estado em 1978. Mas vamos falar aqui de futebol, e com uma estreia complicada, mais complicada diante sua torcida. 

Gol de Luque, Argentina - Copa do Mundo 1978
02 de junho de 1978, ás 19h:15min, diretamente do Estádio Monumental de Núñez, Buenos Aires, Argentina, para a estreia da anfitriã, a Seleção Argentina, contra um adversário difícil, a Hungria. Empurrada pela torcida, que lotava as arquibancadas com mais de 70 mil torcedores, o time argentino era comandado por grandes craques como Kempes, Fillol, Housemen, o estreante Passarella, enfrentando os húngaros liderados por Nagy campeão olímpico em 1968.
Começa o jogo! Lá vem a Hungria, trabalhando a bola, olha a investida de bola, sobrou para Zambori, de primeira, olha o gol, rebateu o goleiro, sobrou... Goool! Csapó, gol da Hungria, olha o vilão pintando aos 10 minutos do primeiro tempo. A Argentina está sentida, mas a torcida ainda acredita.
Falta para Argentina, três na bola, parece uma jogada ensaiada. Partiu o primeiro, passou, veio o segundo rolou para trás, Kempes chutou, goleiro espalmou, olha o rebote... Goool! É da Argentina, empata a partida aos 15 minutos do primeiro tempo, Luque para os donos da casa, muita festa da torcida. Pressão agora é da La Albiceleste.
Agradecimento dos jogadores argentinos a torcida - Copa do Mundo 1978
Começa o segundo tempo, jogo fechado, os húngaros marcam forte os argentinos não tem espaço. Mas os donos da casa são empurrados por sua torcida, e muita pressão. Olha a falta, expulsão de Törócsik da Hungria. Cobrança no meio campo, Gallego com a bola, lançamento lindo, Luque deu passe com o peito, recebeu na frente, goleiro espalmou, sobrou... Alonso, Goool! Argentina vira, e leva torcida a loucura no Monumental. O camisa 1, ficou com ela livre e sem goleiro, 37 minutos do segundo tempo, La Albiceleste mostrou sua força e virou.
Fim de jogo, Argentina de virada 2, Hungria que se fechou no segundo tempo 1. A Seleção Argentina mostrou poder de reação, mas terá grandes desafios pela frente, dia 06 é contra a França. Amanhã não percam é a estreia do Brasil, que promete muita emoção contra a Suécia, é as 13h:45min, aqui no Blog Pé de Taioba.

Segue abaixo os modelos para botão do jogo:
ARGENTINA: 5.Fillol; 15.Olguín, 7.Luis Galvan, 19.Passarella e 20.Tarantini; 6.Gallego, 2.Ardiles, 10.Kempes e 21.Valencia; 14.Luque e 9.Houseman. Técnico: César Luis Minotti.
HUNGRIA: 1.Guydar; 4.Tóth, 3.Kocsis, 6.Kereki e 2.Török; 5.Zombori, 18.Nagy, 10.Pintér e 8.Nyilasi; 13.Csapó e 9.Törócsik. Técnico: Lajos Baróti

REFERÊNCIA:
GLOBO ESPORTE. Copa do Mundo 1978 – Argentina. Disponível em: http://globoesporte.globo.com/futebol/copa-do-mundo/historia/copa-do-mundo-1978-argentina.html. Acessado em: 30/05/2018

ESPORTE TERRA. História das Copas – Argentina 1978. Disponível em: http://esportes.terra.com.br/futebol/copa2006/interna/0,,OI685422-EI5504,00.html. Acessado em: 30/05/2018.

OGOL. Copa do Mundo 1978 – Argentina x Hungria. Disponível em: http://www.ogol.com.br/match.php?id=3926. Acessado em: 30/05/2018

Destaque