27 de abr de 2018

História em Futebol de Botão: Cruzeiro, Campeão Mineiro 2008.

A rivalidade de um clássico é o que aquece a torcida, quanto mais em uma final de campeonato. Mas é nestes momentos em que as brincadeiras e zoações para cima de quem perde, fica marcado. Em 2008, ano do centenário do Atlético Mineiro, o Cruzeiro fez 5 a 0 sobre o maior rival, com direito a dança do Créu e tudo. 

Cruzeiro Campeão Mineiro 2008
Em 2008 o Cruzeiro Esporte Clube aprontou para cima do maior rival, o Clube Atlético Mineiro. Em uma final de Campeonato Mineiro 2008, onde o Galo comemorava os cem anos de história do time mais antigo em atividade em Minas, o Cruzeiro estragou a festa com duas vitórias na final, mas destaque aqui para o primeiro jogo.
A primeira partida da decisão aconteceu no Estádio Magalhães Pinto, o Mineirão, no dia 27 de abril (1 mês e 2 dias após o Atlético Mineiro comemorar o seu centenário). O Atlético Mineiro era o mandante desta partida, após terminar em terceiro na primeira fase da competição, o Galo da capital venceu o Galo do Interior, o Tupi de Juiz de Fora – MG, na semifinal nas duas partidas, 3 a 2 em Belo Horizonte – MG, e 1 a 0 em Juiz de Fora, assim chegando a mais uma final.
Do outro lado o Cruzeiro, que liderou a primeira fase com tranquilidade, e mostrou sua força ofensiva nas semifinais, contra o time da cidade de Ituiutaba – MG, que levava o nome da cidade (hoje o Boa Esporte, ao mudar para cidade de Varginha - MG). Depois de um empate em Ituiutaba, cheio de gols, com 4 gols para cada lado, a Raposa superou a Coruja, por 3 a 1 no Mineirão.
Com dois times vivendo realidades diferentes naquela ocasião. A partida mostrou a grande diferença entre o time celeste, que vivia boa campanha na Taça Libertadores daquele ano (apesar de ter sido eliminado pelo Boca Juniors da Argentina nas oitavas), e o time alvinegro, que no ano do centenário, não mostrava um grande desempenho na competição.
E logo aos 12 minutos do primeiro tempo, o “arqueiro azul”, o atacante boliviano Marcelo Moreno, abriu o placar, aos 19 minutos, o zagueiro e capitão do Atlético, Marcos, foi tentar tirar e fez contra. E aos 38 minutos do primeiro tempo ainda, o “queniano azul”, o volante Ramires fez de cobertura, deixando a Raposa na vantagem na primeira etapa.
Cruzeiro Campeão Mineiro 2008
Veio o segundo tempo, o Galo não mostrava reação, e aos 21 minutos da etapa final, o atacante cruzeirense Guilherme, deixou o dele. E aos 32 minutos o meia Wagner, depois de bela jogada do meia Leandro Domingues, fechou o placar com vitória do time Cinco Estrelas. 5 a 0, o Cruzeiro presenteava assim o maior rival, tendo mais de 48 mil torcedores, em maioria atleticana.
A segunda partida, no dia 04 de maio, o Cruzeiro soube administrar a partida, e venceu por 1 a 0, com o gol do artilheiro do time daquele ano, o atacante boliviano Marcelo Moreno, aos 30 minutos do segundo tempo. Se consagrando pela 34º vez campeão estadual.

Segue abaixo os modelos para botão do jogo:
CRUZEIRO: 1. Fábio; 2. Marquinhos Paraná, 4. Espinoza, 3. Thiago Heleno e 6. Jadílson; 5. Henrique, 7. Charles, 8. Ramires e 10. Wagner; 11. Guilherme e 9. Marcelo Moreno. Técnico. Adilson Batista.

Destaque